current time

sábado, 25 de Março, 2017 - 16h41

website utilities

Atlético-PR goleia o Náutico e sobre para terceiro

foto: reprodução YouTube

foto: reprodução YouTube

Com onze derrotas consecutivas na Série A do Campeonato Brasileiro, o Náutico perdeu neste sábado por 4 a 1 para o Atlético-PR e tem cada vez menos chances de deixar a incômoda posição de lanterna da competição. Com apenas oito pontos, a equipe pernambucana jogou muito mal e abusou dos erros.

Vitorioso, o Atlético-PR, que chegou aos 30 pontos na terceira posição, mostrou um futebol arrumado e caprichou nas jogadas aéreas e na marcação. Na próxima quarta-feira as duas equipes voltam a campo, pela 18.ª rodada do campeonato. O Náutico enfrenta o Vasco, na Arena Pernambuco, já o Atlético encara o Santos, no Durval de Britto.

Apesar de jogar em casa, o Náutico estava apático. Durante toda a primeira etapa as deficiências, na criação e na marcação, comprometeram o desempenho alvirrubro, que encerrou o primeiro tempo perdendo de 2 a 1. O dono da casa até tomou a iniciativa do jogo. Antes do primeiro minuto, o atacante Oliveira recebeu cruzamento e cabeceou para o gol. A bola, fraquinha, acabou nas mãos do goleiro Weverton. Mas logo depois, aos quatro minutos, a equipe visitante abriu o placar.

A zaga - que esteve mal - falhou feio e permitiu que o lateral Léo recebesse sozinho no lado direito da área. O goleiro Ricardo Berna pensou que o jogador fosse cruzar e acabou deixando o canto aberto. Depois do primeiro gol, o Atlético teve outras duas boas chances. Ambas com Éverton. Na primeira, aos 13, o meia chutou bonito, de primeira. Berna fez uma grande defesa. Mas aos 18, novamente a rede balançou para o Atlético-PR. A reação do Náutico só veio aos 42, quando Tiago Real cruzou e Oliveira completou.

Na segunda etapa, o Atlético manteve a pressão. Logo aos cinco minutos, Bruno Silva evoluiu pela direita e cruzou na área. Ederson bateu de primeira e mandou por cima, dando um susto no arqueiro adversário. Aos 17, depois do cruzamento da direita, William Rocha, de cabeça, mandou com força, por cima e por pouco não ampliou o placar. Em seu primeiro lance, aos 24 minutos, Dellatorre desceu pela esquerda, entrou na área e bateu rasteiro, dando trabalho para o goleiro Ricardo Berna.

Aos 33 minutos, numa jogada polêmica, em que os alvirrubros reclamaram de impedimento, Ederson foi lançado na direita, entrou na área e bateu por baixo de Ricardo Berna, chegando ao terceiro gol. E para encerrar a boa partida, aos 43 minutos, Marco Antonio recebeu em velocidade na direita, cruzou para atrás e Ederson só teve o trabalho de empurrar para as redes.

FICHA TÉCNICA:

NÁUTICO 1 X 4 ATLÉTICO-PR

NÁUTICO - Ricardo Berna; Oziel (Jonatas Belusso), João Filipe (Angelo Pena), Leandro Amaro e Bruno Collaço; Elicarlos, Martinez, Tiago Real e Morales; Rogério (Maikon Leite) e Olivera. Técnico: Jorginho.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Léo, Dráusio, Luiz Alberto e Willian Rocha; Bruno Silva, João Paulo, Zezinho (Marco Antonio) e Everton (Palau); Marcelo (Dellatorre) e Ederson. Técnico: Vagner Mancini.

GOLS - Leo, aos 4, Everton, aos 18, e Oliveira, aos 41 minutos do primeiro tempo. Ederson, aos 33 e aos 43 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - André Luiz de Freitas Castro (GO).

CARTÕES AMARELOS - Wiliam Rocha,  Bruno Silva (Atlético-PR). Elicarlos, Leandro Amaro, Oliveira (Náutico).

PÚBLICO - 11.263 torcedores

RENDA - R$ 269.450,00.

LOCAL - Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).