current time

sábado, 25 de Março, 2017 - 06h46

website utilities

Brasil

Sucessor de Mercadante é réu em processo na Justiça

O secretário executivo do Ministério da Educação e futuro ministro da pasta, José Henrique Paim Fernandes, é réu em ação civil pública que tramita desde 2006 na Justiça Federal em São Paulo, acusado de improbidade administrativa. Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal por supostas irregularidades em convênio firmado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do qual era presidente.

Polícia investiga mais PMs em chacina de Campinas

A Polícia Civil investiga a participação de mais policiais militares nas 12 mortes em série registradas em um prazo de quatro horas há 18 dias em uma mesma região da periferia de Campinas. Cinco PMs foram presos temporariamente na quarta-feira suspeitos de envolvimento com as mortes.

A Civil investiga se a execução em séria, todas com características de execução, foi uma reação de policiais militares ao assassinato do PM Arides Luís dos Santos, de 44 anos. Ele foi morto com um tiro na cabeça em uma tentativa de roubo a um posto, horas antes da chacina, na mesma região.

Passageiros voltam a pular catrata em 'roletaço' no RJ

Mais de mil pessoas aproveitaram o "roletaço" realizado nesta quinta-feira, 30, à noite na Central do Brasil, principal estação ferroviária do Rio, e viajaram de graça para casa na volta do trabalho. Foi uma reedição do ato contra o aumento das passagens organizado pelo movimento Passe Livre do Rio na última terça-feira, 28, em que pelo menos 500 pessoas pularam as roletas da Central. Os dois foram pacíficos.

Nesta quinta, o número inicial de manifestantes era menor, cerca de 100, mas os usuários de trem voltaram a aderir em massa ao chamado: "Pula que é de graça!"

Para Grella, PMS que atiraram 'eram preparados'

O secretário estadual de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, afirmou nesta quinta-feira, 30, que os policiais militares que dispararam contra o estoquista Fabrício Chaves, de 22 anos, durante o protesto "Não vai ter Copa", no sábado, em São Paulo, estavam em função operacional naquele dia.

De olho na campanha, Dilma faz mudanças na Secom

A ministra da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, deixará o posto na reforma em curso na Esplanada dos Ministérios. Segundo fontes do Planalto, ela deve ser substituída pelo porta-voz Thomas Traumann. O Palácio do Planalto ainda não divulgou uma nota oficial sobre o assunto.

MinC veta dinheiro públicos em biografia de políticos

Após a polêmica envolvendo a publicação da biografia do prefeito de Vinhedo (SP) Milton Serafim (PTB) utilizando recursos públicos, o Ministério da Cultura vetou o uso de verbas da Lei de Incentivo à Cultura para a produção de biografias de políticos.

Há indício de falha mecânica em caminhão, diz delegado

Quatro testemunhas do caso do caminhão que atingiu uma passarela na Linha Amarela, no Rio, prestaram depoimento por mais de cinco horas na tarde desta quinta-feira, 30, na 44º DP (Inhaúma). Para o delegado responsável pelo caso, Fábio Asty, há indicação de que uma falha mecânica provocou o içamento involuntário da caçamba. O delegado destacou que a ocorrência foi agravada pela negligência do motorista que falava ao telefone, trafegava acima da velocidade e em horário proibido para caminhões. Somente o laudo pericial, que ficará pronto em 10 dias, comprovará as causas do acidente.

Quilombolas acusam marinha de destruir casa na Bahia

O conflito entre moradores da Comunidade Quilombola Rio dos Macacos e integrantes da Base Naval de Aratu, da Marinha, na região metropolitana de Salvador (BA), ganhou mais um capítulo na manhã desta quinta-feira, 30, durante uma visita do chefe de gabinete do Ministério da Defesa, Antonio Lessa, à comunidade. De acordo com os quilombolas, fuzileiros navais destruíram a casa de um dos moradores, Luiz Oliveira dos Santos, irmão de uma das líderes do grupo, Olinda Oliveira dos Santos, durante uma reunião entre as lideranças da comunidade com o representante do governo federal.

Justiça sequestra bens de ex-prefeito de Guaraciama-MG

A Justiça mineira determinou o sequestro de todos os bens do ex-prefeito Francisco Adevaldo Soares Praes (DEM) de Guaraciama, no norte de Minas, por causa de diversas ações cíveis e criminais a que o político responde. Porém, a medida exclui animais que o acusado cria, pois, segundo o juiz Renan de Oliveira Rocha, da comarca de Bocaiúva, a "apreensão das reses demanda a existência de local apropriado para sua manutenção por prazo indeterminado". Para o magistrado, o confisco de animais não é "razoável" nem "eficaz para os fins visados".

Correios põem em circulação selos da Copa do Mundo

Assim como o Banco Central lançou moedas comemorativas da Copa do Mundo de 2014, os Correios também apresentaram uma série de selos em homenagem às cidades que sediarão os jogos da competição. Está em circulação desde esta quinta-feira, 30, a emissão especial "Copa do Mundo da FIFA - Brasil 2014 - Cidades-Sede".

Ataques a ônibus podem não ser atos isolados, diz Grella

O secretário estadual de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, afirmou nesta quinta-feira, 30, que a polícia investiga a ligação entre os incêndios de ônibus registrados em São Paulo. Em visita a Campinas, ele anunciou a ampliação do reforço de policiamento em uma terceira região da capital, na zona leste, onde outro ônibus foi atacado na noite de quarta.

Tolentino será assessor de outro condenado do mensalão

O advogado Rogério Lanza Tolentino, condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por envolvimento no mensalão, deixou nesta quinta-feira, 30, pela primeira vez a penitenciária em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, para seu primeiro dia de trabalho externo. Tolentino, que é ex-sócio de Marcos Valério Fernandes de Souza e já representou o empresário em ações judiciais, teve seu primeiro dia de trabalho como assessor jurídico da RQ Participações S.A., do ex-deputado federal Romeu Queiroz, outro condenado pelo STF no processo do mensalão.

Páginas