current time

sábado, 25 de Março, 2017 - 16h43

website utilities

Corinthians vence o Grêmio e encerra série negativa

(reprodução YouTube)

(reprodução YouTube)

O Corinthians ficou longe de dar espetáculo na noite desta quarta-feira no Pacaembu, mas conseguiu encerrar a série de três jogos sem vencer pelo Campeonato Brasileiro. Diante do Grêmio, teve poucas chances de marcar, mas conseguiu aproveitar duas delas e venceu por 2 a 0, em jogo válido pela 10ª rodada. Emerson e Alexandre Pato marcaram.

Segundo pior ataque do Brasileirão, com apenas oito gols, o Corinthians tem porém a melhor defesa, tendo sofrido só cinco. Nesta quarta, fez um jogo morno diante do Grêmio, mas conseguiu subir ao oitavo lugar, com 14 pontos, a quatro do G4. Já o time gaúcho, que só venceu dois jogos fora de casa no ano, o último deles em março, está uma posição à frente, com 15 pontos.

O jogo foi especial para o técnico Tite, que atingiu a marca de 240 partidas à frente do Corinthians. Ele se igualou a Amilcar Barbuy como o terceiro técnico com o maior número de jogos no comando corintiano, está atrás apenas de Rato e Oswaldo Brandão. A 241ª partida será domingo, contra o Criciúma, no Heriberto Hulse. O Grêmio tem pela frente Gre-Nal, o primeiro da nova Arena.

O JOGO - O primeiro tempo foi fraco. Com o Grêmio atacando muito pouco, mas se fechando bem na defesa, de forma a impedir que a meta de Dida fosse ameaçada, foram poucas as oportunidades de gol durante os primeiros 45 minutos de partida.

Azar do Grêmio que, quando o Corinthians chegou, foi eficiente. Aos 33 minutos, Guerrero limpou bem a jogada na entrada da área e chutou forte. Dida rebateu para o meio da área e Emerson, ligeiramente impedido, mandou para as redes.

Naquele momento do jogo, o Grêmio já atuava sem Zé Roberto. O principal articulador do time gaúcho deixou o campo aos 19 minutos, de maca, reclamando de dores musculares. Com Guilherme Biteco chamado do banco, os visitantes foram ainda menos incisivos do que quando tinham o titular.

Renato Gaúcho, porém, fez o Grêmio voltar outro para o segundo tempo, mesmo sem novas alterações. Com os laterais (principalmente Alex Telles) apoiando mais, a equipe passou a frequentar com mais assiduidade o campo de ataque. E levou perigo especialmente em duas bolas paradas. Duas faltas de Elano na cabeça de Riveros. Uma o paraguaio mandou no travessão. Outra a zaga conseguiu neutralizar.

As subidas gremistas davam espaço para o contra-ataque corintiano. Entre essas duas faltas, Guerrero apareceu praticamente no mano a mano com a zaga tricolor, limpou a jogada, mas errou o chute.

Tite resolveu fazer as alterações padrão, com as entradas de Alexandre Pato, Renato Augusto e Douglas nos lugares de Emerson, Romarinho e Guerrero, e se deu bem. Aos 35 minutos, após escanteio batido na área, Paulo André desviou, a bola bateu em Barcos e fugiu do alcance de Dida. Em cima da linha, Alexandre Pato bateu nela só para comemorar seu quarto gol no Brasileirão. No último minuto, o atacante ainda perdeu chance na cara de Dida.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 2 X 0 GRÊMIO

CORINTHIANS - Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Igor; Ralf, Guilherme, Danilo e Romarinho (Renato Augusto); Paolo Guerrero (Alexandre Pato) e Emerson (Douglas). Técnico - Tite.

GRÊMIO - Dida; Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano, Riveros, Elano e Zé Roberto (Guilherme Biteco, depois Vargas); Kleber e Barcos (Lucas Coelho). Técnico - Renato Gaúcho.

GOL - Emerson, aos 33 minutos do primeiro tempo. Alexandre Pato, aos 35 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Alicio Pena Júnior (MG).
CARTÕES AMARELOS - Pará e Werley.
RENDA - R$ 737.112,50.
PÚBLICO - 23.849 pagantes.
LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo.