current time

quinta-feira, 30 de Março, 2017 - 19h29

website utilities

Coritiba vence Ponte Preta por 5 a 3 e assume liderança

Em uma partida de oito gols e algumas reviravoltas no placar, o Coritiba derrotou a Ponte Preta por 5 a 3, na noite desta quarta-feira, no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Com a boa vitória em casa, se manteve como o único invicto do Brasileirão, após 10 rodadas disputadas, e assumiu a liderança isolada.

Comandado pelo meia Alex, que marcou seu sexto gol no campeonato (está atrás apenas do artilheiro Maxi Biancucchi, do Vitória, com sete), o Coritiba chegou aos 20 pontos e se aproveitou do tropeço do Cruzeiro para assumir a liderança - o time mineiro perdeu para o Fluminense também nesta quarta-feira. Já a Ponte Preta segue com os mesmos 10 pontos.

Precisando da vitória para reassumir a liderança - o Cruzeiro perdeu para o Fluminense no começo da noite -, o Coritiba ainda se arrumava em campo quando foi surpreendido pela Ponte Preta. Aos quatro minutos, Diego Sacoman cabeceou forte e o goleiro Vanderlei soltou nos pés de William, que não teve dificuldade para abrir o placar.

O gol deixou o time da casa desordenado. Assim, avançava com os laterais Victor Ferraz e Ibérbia, mas não conseguia concluir as jogadas. Com o jogo em andamento, porém, o Coritiba passou a tocar mais a bola e chegou ao empate aos 23 minutos, após Victor Ferraz receber pela direita, cruzar e Lincoln cabecear no canto esquerdo.

O Coritiba ganhou mais volume de jogo e virou aos 27 minutos, depois de um cruzamento de Alex, que Chico cabeceou na trave e, na volta, Robinho concluiu sem marcação para as redes.

Depois de administrar o resultado até o final da primeira etapa, o Coritiba voltou a ser surpreendido logo no recomeço do jogo. Em 40 segundos e quatro toques, a Ponte Preta empatou, em passe de Ramirez que encontrou Baraka livre de marcação para marcar o segundo gol.

A Ponte Preta aproveitou nova desatenção da zaga paranaense e virou a partida aos quatro minutos, novamente com William, que aproveitou passe de Diego Sacoman.

Ao contrário do primeiro tempo, porém, o Coritiba manteve sua troca de passes até que, aos 11 minutos, Alex cobrou uma falta com perfeição no ângulo esquerdo de Roberto e voltou a empatar a partida. O time da casa tomou conta do jogo, passou a sufocar a Ponte Preta em seu campo e fez mais um aos 13, quando Lincoln aproveitou uma rebatida e chutou fraco de fora da área, mas a bola desviou na zaga e enganou o goleiro Roberto.

Com amplo domínio da partida, o Coritiba fechou o placar aos 43 minutos, quando Lincoln cruzou pela esquerda e Robinho dominou para chutar forte, marcando o quinto gol e encerrando a noite de muitos gols no Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA 5 X 3 PONTE PRETA

CORITIBA - Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Raul Ibérbia (Diogo); Willian, Botinelli (Geraldo), Robinho, Lincoln e Alex (Gil); Bill. Técnico: Marquinhos Santos.

PONTE PRETA - Roberto; Luís (Alemão), Ferran, Diego Sacoman (Cesar) e Uendel; Baraka, Magal (Giovanni), Ramirez e Chiquinho; William e Rildo. Técnico: Paulo Cesar Carpegiani.

GOLS - William, aos 4, Lincoln, aos 23, e Robinho, aos 26 minutos do primeiro tempo; Baraka, aos 40 segundos, William, aos 3, Alex, aos 10, Lincoln, aos 13, e Robinho, aos 43 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Jailson Macedo Freitas (BA).
CARTÕES AMARELOS - Ramirez, Baraka, Lincoln, Geraldo e Ferron.
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).