current time

quinta-feira, 30 de Março, 2017 - 19h37

website utilities

Maduro quer relações com a Colômbia em “base de respeito mútuo”

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou na noite de hoje (31) que seu governo está reavaliando as relações com a Colômbia, em base “base de respeito mútuo”. As declarações foram em função de o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, dizer que não participa de ações para desestabilizar a Venezuela.

“Estamos avaliando como configurar as relações [com a Colômbia], sobre a base do respeito da vida interna em cada país”, disse o presidente venezuelano. Segundo ele, o chanceler Elías Jaua recebeu “instruções claras” para a tarefa, sobre a base da verdade e respeito mútuo.

Há três dias, a Venezuela e a Colômbia tiveram as relações estremecidas depois de o presidente colombiano receber o líder da oposição venezuelana e governador do estado de Miranda, Henrique Capriles. Maduro acusou a Colômbia de ingerência e disse que o governo do país participava de um “plano para desestabilizar o governo venezuelano”.

Nas declarações desta noite, Maduro foi mais ameno, diferentemente de ontem (30) quando disse que perdera a confiança na Colômbia. Mesmo assim, ele pediu a Santos que respeitesse o seu modelo de governo e declarou que o governo colombiano “está encubando um poder que conspira abertamente contra a Venezuela”.

“Você [Santos], respeita o modelo da Venezuela e eu respeito o modelo da Colômbia”, disse. “Queremos boas e muito boas relações com o nosso país vizinho”, completou.
 

*Com informações da Multiestatal Telesur

Edição: Aécio Amado