current time

segunda-feira, 27 de Março, 2017 - 03h32

website utilities

Meio Ambiente

Especialistas debatem no Rio temas para conferência sobre mudanças climáticas

Quarenta especialistas de seis países discutem os temas prioritários que serão levados pelo Brasil à 19ª Conferência das Partes da Convenção–Quadro da Organização das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP-19), que ocorrerá de 11 a 22 de novembro, em Varsóvia, na Polônia. 

Governo do Rio pretende despoluir mais seis praias até 2016

Com o objetivo de despoluir seis importantes praias do Rio de Janeiro, o governo estadual lançou hoje (29) a segunda etapa do Programa Sena Limpa. A iniciativa prevê a ampliação e modernização dos sistemas de esgotos e melhoria na coleta de águas pluviais para acabar com o despejo de resíduos nas praias.

Mesmo com avanço, liberações de dióxido de carbono aumentaram de 1995 a 2010

Estudo mostra que, mesmo com o avanço do Brasil na redução de emissões de gases de efeito estufa pela diminuição do desmatamento, as liberações de dióxido de carbono equivalentes às dos setores de energia e agropecuária, aumentaram 41,5% e 23,8% entre 1995 e 2005, e 21,4% e 5,3%, respectivamente, entre 2005 e 2010.

Os números fazem parte da pesquisa Pegada de Carbono da Política Tributária Brasileira, que será divulgada hoje (29) em Brasília, durante o seminário Política Tributária e Sustentabilidade – Uma Plataforma para a Nova Economia.

Cetesb investiga se incêndio em depósito de açúcar provocou contaminação no Rio São Domingos

Técnicos da Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental (Cetesb) seguiram, no fim da manhã de hoje (28), da agência de São José do Rio Preto, no interior paulista, para Santa Adélia, onde foram checar a possibilidade de contaminação das águas do Rio São Domingos, devido ao incêndio ocorrido sexta–feira (25) no depósito de açúcar da empresa de logística Agrovia.

Conferência aprova carta defendendo vinculação entre meio ambiente e inclusão social

O desenvolvimento sustentável, com inclusão social, depende basicamente de soluções econômicas, sociais e ambientais. Por isso, o combate à pobreza, a distribuição de renda e a defesa do meio ambiente são dimensões interligadas, de acordo com carta aprovada pela 4ª Conferência Nacional do Meio Ambiente, terminada hoje (27).

Brasília inicia mobilização sobre descarte correto de resíduos sólidos

Cerca de 100 pessoas participaram da abertura, no Parque Olhos D'Água, da Ação Limpa Brasil, que visa a conscientizar a população sobre o descarte e a destinação correta dos resíduos sólidos. O evento ocorre em mais 100 países e conta com a participação de 8 milhões de voluntários.

Secretário e deputado consideram curto prazo para erradicar lixões até 2014

Palestrantes da 4ª Conferência Nacional de Meio Ambiente consideram muito curto o prazo até agosto do ano que vem para erradicar os 3 mil lixões do país. A data foi estabelecida na Lei 12.305, de 2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Pela lei, depois do ano que vem, o Brasil não poderá mais ter lixões, que serão substituídos por aterros sanitários.

Além disso, os resíduos recicláveis não poderão ser enviados para os aterros sanitários. Os municípios que desrespeitarem a norma podem ser multados.  

Mudanças climáticas podem causar perdas de R$ 7,4 bilhões para agricultura, diz relatório

A agricultura deve ser o setor da economia mais afetado pelas mudanças climáticas ao longo do século 21, divulgou hoje (25) o Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC), na segunda parte do primeiro relatório nacional. De acordo com o estudo, o prejuízo do agronegócio com problemas climáticos pode chegar a R$ 7,4 bilhões em 2020 e R$ 14 bilhões em 2070. Até 2030, a produção de soja, por exemplo, pode ter perdas de até 24%.

Ministra do Meio Ambiente destaca papel dos catadores na política de resíduos sólidos

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, disse hoje (25) que o problema dos resíduos sólidos está ligado a outros problemas ambientais como a emissão de gás metano, a contaminação de lençóis freáticos, das florestas e do solo por causa das embalagens de agrotóxicos. Para ajudar a enfrentar esses desafios, explicou a ministra, os catadores de recicláveis têm papel central na Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída pela Lei 12.305, de 2010.

Conferência Nacional do Meio Ambiente discute gestão dos resíduos sólidos

A ministra do Meio Ambiente (MMA), Izabella Teixeira, disse hoje (24) que a gestão dos resíduos sólidos é tema central da agenda ambiental do país. “Este é um tema de política pública e não de programas e ações de curto prazo”, disse, durante a abertura da 4ª Conferência Nacional de Meio Ambiente (CNMA), que vai discutir, entre outras medidas, a erradicação dos lixões até 2014 prevista na Lei 12.305, de 2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

Páginas