current time

sexta-feira, 24 de Março, 2017 - 09h00

website utilities

Mundo

Ucrânia: Oposição fala em possível fim da violência

Líderes de oposição ao governo da Ucrânia saíram otimistas de uma reunião com o presidente Viktor Yanukovich e acreditam que são elevadas as chances de se chegar a um acordo capaz de pôr fim à violência que convulsiona o país.

Olha Lappo, porta-voz do líder oposicionista Arseniy Yatsenyuk, escreveu o comentário em sua página no Facebook na noite de hoje, após uma extensa reunião de Yanukovych com representantes da oposição.

EUA: Justin Bieber é solto após pagar fiança

O astro pop Justin Bieber deixou a prisão nesta quinta-feira, mediante pagamento de fiança, horas depois de ser detido em Miami Beach com base em acusações de dirigir sob influência de álcool e drogas e de resistir à prisão.

Bieber foi preso quando aparentemente participava de um racha numa rua residencial de Miami Beach. De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, o cantor estava com a licença para dirigir vencida, não queria cooperar e cheirava álcool.

A fiança foi estabelecida em US$ 2.500 e o cantor foi liberado após pagamento.

Papa considera internet um 'presente de Deus'

A internet é um "presente de Deus" que facilitar o diálogo, afirmou nesta quinta-feira o papa Francisco. Ele advertiu, no entanto, que o desejo obsessivo de permanecer conectado pode isolar as pessoas de seus amigos e de seus familiares.

Os comentários do pontífice foram feitos em uma mensagem sobre as comunicações de Igreja Católica, durante a qual tratou das "maravilhas" e dos "perigos" da era digital e da importância de interação dos fiéis com pessoas de diferentes culturas e religiões.

Deputados trocam socos em Parlamento da Turquia

Deputados turcos brigaram mais uma vez durante uma sessão no Parlamento para discutir a reforma judicial nesta quinta-feira. O líder do principal partido de oposição, o Partido Republicano do Povo (CHP, na sigla em inglês), Bulent Gtezcan, chegou a ser hospitalizado após ter levado um soco no rosto.

Sudão do Sul: Governo e rebeldes assinam trégua

Representantes do governo e dos rebeldes do Sudão do Sul assinaram nesta quinta-feira um acordo de cessar-fogo com o objetivo de encerrar o conflito no país mais jovem do mundo, que já dura mais de um mês.

Representantes dos dois lados estavam reunidos há semanas em Adis-Abeba, na Etiópia. A trégua assinada hoje, que deve pelo menos deter por um tempo as hostilidades, foi o primeiro avanço real das negociações. Uma equipe técnica foi estabelecida para acompanhar a implementação do acordo de cessar-fogo.

Paraguai descola do Brasil e tem 3º maior crescimento do mundo em 2013

Num ano definido pelos especialistas como "atípico" para o Paraguai, em 2013, a economia do país se "descolou" da economia brasileira, à qual tradicionalmente é ligada, e registrou um crescimento muito maior do que o do Brasil.

Segundo relatório do Banco Mundial, o Paraguai teve no ano passado o terceiro maior crescimento econômico do mundo: 14,1%. O Brasil, no mesmo período, cresceu 2,2%.

Líderes tribais indianos são acusados de ordenar estupro

Uma indiana de 20 anos denunciou ter sido estuprada por um grupo de homens a mando de um conselho tribal porque se apaixonou por um homem de uma religião diferente, informou a polícia do Estado de Bengala Ocidental nesta quinta-feira.

Treze homens foram presos por envolvimento no crime, ocorrido na noite de segunda-feira, disse o oficial de polícia C. Sudhakar. A vítima está internada em estado grave. Ela relatou ter perdido a conta de quantos homens a violentaram.

Canadá: Incêndio em asilo deixa pelo menos 3 mortos

Um incêndio destruiu um asilo de idosos no leste da província canadense de Québec na manhã de hoje, provocando a morte de pelo menos três pessoas. Trinta pessoas continuam desaparecidas.

Informações iniciais dão conta que 20 moradores foram retirados em segurança, mas não se sabe ao certo quantos dos idosos permaneceram no asilo enquanto o complexo de 52 apartamentos pegava fogo.

Excluído de negociações, Irã sugere eleições na Síria

A conferência sobre a guerra civil na Síria começou na quarta-feira em Montreux, na Suíça, com a participação de mais de 40 países, mas a ausência do Irã é bastante representativa. A Organização das Nações Unidas (ONU) convidou o governo iraniano para as negociações, mas retirou o convite após reclamações dos Estados Unidos e da oposição síria, que ameaçou não participar do evento se representantes de Teerã comparecessem ao evento.

Tailândia: tribunal decidirá sobre adiamento de eleição

O Tribunal Constitucional da Tailândia informou nesta quinta-feira que vai decidir se as eleições, marcadas para 2 de fevereiro, podem ou não ser adiadas. Em caso positivo, a decisão pode representar um novo desafio para a primeira-ministra Yingluck Shinawatra e prolongar a atual crise política no país.

Aproxima-se fim do prazo dado pela oposição na Ucrânia

O presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovych, reuniu-se na quarta-feira com os três principais líderes da oposição para tentar chegar a um acordo para pôr fim às manifestações no país. Os líderes deram um prazo de 24 horas para a demissão de todos os integrantes do atual governo, a convocação de eleições antecipadas e o fim da lei que impede as manifestações, questão que levou aos atos violentos dos últimos dias.

Israel afirma ter evitado ataque à embaixada dos EUA

O serviço de segurança interna de Israel afirma ter frustrado um plano da rede extremista Al-Qaeda para atacar a embaixada dos Estado Unidos em Tel-Aviv, além de outros alvos pelo país. O Shin Bet informou ter prendido três palestinos, dois de Jerusalém e um da Cisjordânia, supostamente envolvidos em um plano para executar atentados, ações armadas, sequestros e outros ataques.

Páginas