current time

sexta-feira, 24 de Março, 2017 - 07h15

website utilities

Pesquisa e Inovação

Ministério publica normas sobre cuidados com animais em pesquisas e ensino

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) divulgou hoje (25) no Diário Oficial da União a Diretriz Brasileira para o Cuidado e a Utilização de Animais para Fins Científicos e Didáticos (DBCA). Segundo a pasta, é a primeira norma no país que trata com detalhes dos cuidados que devem ser seguidos por pesquisadores e instituições para que sejam assegurados a ética e bem–estar com animais em pesquisas e ensino.

Tecnologia permite que pintura de carros se autorregenere quando riscada

Heloisa Cristaldo
A tecnologia que permitirá a pintura de carro se autorregenerar quando riscada é uma das aplicações pesquisadas pelo Instituto Senai de Inovação (ISI), lançado hoje (17) na capital paranaense. A inovação, inédita no país, usa aplicações de nanocápsulas contendo tinta e um catalisador, liberados apenas quando a pintura é riscada. A recuperação pode alcançar até 85% dos danos. 

Brasil está em 14º lugar no ranking mundial de pesquisas científicas

Os cientistas brasileiros publicaram 46,7 mil artigos científicos em periódicos no ano passado, número que coloca o Brasil em 14º lugar como produtor mundial de pesquisas. Segundo o relatório feito pela empresa Thomson Reuters, isso equivale a 2,2% de tudo o que foi publicado no mundo, em 2012. Nos últimos 20 anos, o país subiu dez posições nesse ranking.

Embrapa discute futuro da agricultura tropical

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) promove a partir de hoje (10), às 9h, o debate O Futuro da Inovação na Agricultura Tropical. O encontro vai discutir a elaboração do documento Visão 2013-2033: Desafios e Oportunidades Tecnológicas para a Agricultura Brasileira do Futuro, que a empresa apresentará à sociedade em abril de 2014. O debate vai até o dia 12, na Embrapa Estudos e Capacitação, com a presença de pesquisadores brasileiros e estrangeiros.

UFRJ produzirá energia solar para carros elétricos e hospital pediátrico

A energia solar vai abastecer parte da demanda do campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) na Ilha do Fundão, zona norte do Rio. A instalação de painéis solares na área dos estacionamentos e na cobertura do hospital pediátrico poderá gerar até 200 quilowatts de energia, que será aproveitada nas instalações universitárias e também injetada na rede da companhia distribuidora Light. A montagem dos painéis começa nos próximos meses e a expectativa é que a produção de energia começará no início de 2014.

Rede Nacional de Pesquisa terá tecnologia baseada na computação em nuvem

Tecnologia de computação em nuvem (conhecida também pelo termo em inglês cloud computing) da Rede Nacional de Pesquisa (RNP) vai permitir que a Biblioteca Nacional e a Cinemateca ofereçam acervos digitalizados para consulta ao público a partir de fevereiro de 2014. O centro de dados compartilhados (CDC) que permitirá o armazenamento dessas informações será lançado em fase experimental. O conteúdo oferecido ainda será definido pelas instituições.

Faperj concede bolsas a 200 pesquisadores do Rio

A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) entregou hoje (5) as outorgas de Cientista do Nosso Estado e Jovem Cientista do Nosso Estado a 200 pesquisadores, com bolsas de 36 meses que somam recursos de R$ 18,360 milhões da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia. O programa já beneficia mais de 500 cientistas, com doutorado concluído há pelo menos dez anos, e mais de 300 jovens cientistas, que concluíram o doutorado há menos de dez anos. Para os cientistas, a bolsa é de R$ 2,8 mil e para os jovens cientistas, R$ 2,1 mil.

Brasil planeja lançamento de três satélites nos próximos 13 anos

O governo brasileiro pretende lançar, nos próximos 13 anos, três satélites geoestacionários para uso militar e de comunicação estratégica. O primeiro satélite, que já está em negociação, deverá entrar em operação em meados de 2016. O presidente da Telebras, Caio Bonilha, e o assessor do Ministério da Defesa Edwin  da Costa informaram que a meta é lançar um novo equipamento a cada cinco anos.

Satélite próprio poderá aumentar segurança de dados do governo, diz Telebras

A construção do primeiro satélite geoestacionário brasileiro poderá aumentar a segurança do tráfego de dados importantes no país, que passarão a ser criptografados. Segundo o presidente da Telebras, Caio Bonilha, um dos objetivos do desenvolvimento do satélite é proteger as redes por onde passam informações sensíveis do governo federal.

“Vamos trabalhar com algoritmos e criptografia próprios, desenvolvidos pelo próprio governo, de maneira que os dados sensíveis que vão transitar no nosso satélite vão ser praticamente invioláveis”, disse, em entrevista à TV Brasil.

Recursos disponibilizados pelo Inova Empresa somam R$ 19 bi, segundo Raupp

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, disse hoje (3) que R$ 19 bilhões, dos R$ 32,9 bilhões anunciados pelo governo federal em março deste ano para o Plano Inova Empresa, já foram disponibilizados por meio de editais. O objetivo é tornar as empresas brasileiras mais competitivas no mercado global por meio da inovação tecnológica e aumento da produtividade.

DuchsVille ajuda pessoas com distrofia muscular de Duchenne

Um grupo de pesquisadores do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) da Escola Politécnica (Poli) da USP desenvolveu jogo eletrônico gratuito para reeducação alimentar de pacientes com distrofia muscular de Duchenne. A obesidade e a desnutrição estão entre as doenças mais frequentemente associadas a essa distrofia, ocorrendo em mais da metade dos casos e afetando diretamente a função respiratória e a habilidade para realizar as atividades diárias.

Páginas