current time

quinta-feira, 30 de Março, 2017 - 19h30

website utilities

Política

Justiça condena 5 pessoas por Máfia dos Sanguessugas

A Justiça Federal na Bahia condenou cinco envolvidos na Máfia dos Sanguessugas - esquema de fraudes para aquisição de ambulâncias e equipamentos hospitalares em prefeituras de todo o País. Foram condenados quatro empresários, um ex-deputado e um ex-assessor parlamentar. Eles tiveram seus direitos políticos suspensos por oito anos e também estão proibidos de contratar com o poder público por 10 anos. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira pelo Ministério Público Federal.

Força Nacional entra em confronto com indígenas na BA

Um tiroteio entre agentes da Força Nacional de Segurança e indígenas da aldeia tupinambá foi registrado na madrugada desta quarta-feira, 29, em Buerarema (BA), 450 quilômetros ao sul de Salvador, segundo a Polícia Federal. Não houve feridos no confronto e a situação foi controlada, de acordo com o órgão, ainda pela manhã.

Lei Anticorrupção entra em vigor sem regulamentação

Aprovada há seis meses pelo Congresso Nacional, a Lei Anticorrupção entrou em vigor nesta quarta-feira, 29, sem que os principais avanços por ela trazidos possam ser implementados. Isso porque, algumas das novas punições previstas para empresas envolvidas em atos de corrupção contra a administração pública, como a aplicação de multas que podem chegar a 20% do faturamento, ainda precisam de regulamentação para serem efetivadas de fato.

Filho de Eduardo Campos tem Síndrome de Down

O filho recém-nascido do governador Eduardo Campos (PSB), Miguel, foi diagnosticado com Síndrome de Down. A informação foi dada, nesta quarta-feira, 29, pelo próprio governador, na sua página do Facebook: "Hoje, os médicos confirmaram o que já estava pré-diagnosticado há algum tempo. Miguel, entre outras características que o fazem muito especial, chegou com a Síndrome de Down. Seja bem-vindo, querido Miguel. Como disse seu irmão, você chegou na família certa! Agora, todos nós vamos crescer com muito amor, sempre ao seu lado".

Brasil assina acordos para abrir arquivos da ditadura

O Brasil assinou nesta quarta-feira, 29, dois acordos bilaterais, um com a Argentina e outro com o Uruguai, para a abertura dos arquivos da ditadura. A ideia é que a troca de informações ajude os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade, que investiga crimes e omissões cometidos pelas Forças Armadas durante o regime militar.
"Sem dúvida esses acordos vão ajudar os trabalhos da Comissão da Verdade, pois fazem parte do contexto de recuperação da memória", disse o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo.

Figueiredo vai aos EUA para tratar sobre espionagem

O ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, reúne-se nesta quinta-feira, 30, em Washington, com a assessora de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Susan Rice, para discutir a questão da espionagem das comunicações brasileiras, a revisão do acordo agrícola e a abertura do mercado para a carne.

Cid Gomes evita discussão sobre alianças no Ceará

De passagem por Brasília nesta quarta-feira, 29, o governador do Ceará, Cid Gomes (PROS), não quis avançar na discussão sobre a composição das alianças na disputa pela sua sucessão em outubro. "Tive com o presidente nacional do PT, Rui Falcão, e tratamos sobre o tema na linha do que sempre disse. Genericamente, eu desejo manter a aliança. Essa aliança é ampla e tem a participação do PROS, PT, PMDB e outros partidos tradicionais aliados e alguns novos que chegaram agora", afirmou Cid Gomes.

Cid Gomes nega convite para Ciro assumir ministério

O governador do Ceará, Cid Gomes, afirmou nesta quarta-feira, 29, que não há, até o momento, nenhum convite formal para que o irmão dele Ciro Gomes assuma algum cargo no governo Dilma Rousseff. Cid Gomes se reuniu por cerca de uma hora com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que deverá assumir o papel de articulador político no Planalto após tomar posse na Casa Civil nos próximos dias.

Governo retira de site notícia sobre filho de Campos

A estrutura do governo de Pernambuco foi utilizada para noticiar o nascimento do quinto filho do governador Eduardo Campos (PSB), na tarde dessa terça-feira, 28, no Recife. Servidores da Secretaria de Imprensa do Palácio Campos das Princesas foram deslocados para a maternidade e a notícia foi divulgada no site oficial do governo. Na manhã desta quarta-feira, 29, após ser questionado, o governo retirou a informação do site oficial.

Comissão de Ética arquiva denúncia contra Cardozo

Por unanimidade, a Comissão de Ética Pública da Presidência da República decidiu arquivar processo para apurar a conduta do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, na investigação de cartel em licitações de transporte público em São Paulo, informou nesta quarta-feira, 29, o presidente do órgão, Américo Lacombe.

"(A denúncia) Foi arquivada porque ele (Cardozo) não fez nada de extraordinário. Como ele (Cardozo) disse claramente, já passou do tempo do engavetador geral da república. Isso não existe mais", afirmou Lacombe.

Dilma fez pelo menos seis 'escapadas' antes de Lisboa

Antes de tentar chegar às escondidas em Lisboa, no sábado, 25, a presidente Dilma Rousseff já havia repetido em pelo menos seis ocasiões a estratégia de conciliar agendas oficiais com "escapadas". Em três delas, a visita-relâmpago não foi comunicada na agenda oficial divulgada pela Presidência da República: as viagens para Granada, Marrakech e Agra não constam nos registros oficiais.

Conselho nega recurso de multinacionais do cartel

As multinacionais Alstom e Bombardier, sob suspeita de integrarem um cartel que atuou no setor metroferroviário paulista nos governos do PSDB de 1998 a 2008, sofreram nesta terça-feira, 28, um revés no Conselho Superior do Ministério Público Estadual. O órgão rejeitou recursos das multinacionais para trancamento de inquérito civil aberto para investigar suposto pagamento de propinas a agentes públicos.

Páginas