current time

quarta-feira, 01 de Outubro, 2014 - 18h17

website utilities

Rodrigo Janot será o novo procurador-geral da República

A presidente Dilma Rousseff escolheu na tarde deste sábado (17) para procurador-geral da República, o subprocurador Rodrigo Janot. Ele substituirá Roberto Gurgel, que deixou o cargo na quinta-feira.

Dilma manteve a tradição ao escolher o primeiro da lista tríplice encaminhada pela Associação Nacional dos Procuradores da República. Ela preferiu optar por um perfil mais neutro e ao escolher o primeiro da lista deixou de lado a ideia de nomear a primeira mulher para o cargo.

Estavam na lista os subprocuradores-gerais Rodrigo Janot, que obteve 511 votos, Ela Wiecko, com 457 votos, e Deborah Duprat, que recebeu 445 votos. A lista foi questionada por outros ramos do Ministério Público da União (Ministério Público Militar, Ministério Público do Trabalho e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios), que também fizeram votações próprias. A somatória de todos os resultados deu a liderança para Duprat, com 884 votos, seguida por Janot, 576 votos, e Wiecko, 516 votos.